Gallus Gallus - Grupo de Fados do IPCA

Numa altura de crise financeira generalizada, comprar instrumentos como uma guitarra portuguesa ou uma viola, é uma ideia muito bonita naqueles momentos em que o estudante tipicamente português sonha por uns instantes e esquece as propinas, a renda do quarto e o preço da cerveja que não pára de subir.Por muita motivação e vontade que existisse, a realidade mostrava-se dura: sem guitarra portuguesa não há grupo de fado.

Foi então que em bom Português numa conversa de esplanada entre o Cerqueira e o Inem o sonho de criar um grupo de fados no IPCA se tornou realidade: o Cerqueira disse que emprestava a guitarra portuguesa.

Mas o grupo de fados não é apenas uma guitarra portuguesa que pode ser a melhor do mundo mas as cordas só vibram se forem tocadas por alguém, O próximo passo foi a recruta de elementos com motivação para o fado.

Diana, a fadista com provas dadas na tuna feminina durante a recepção.

Pedro o solista da tuna académica.

Bravo que morava na mesma casa que o Inem e ja tocava viola.

Ranger que tocava muito bem cavaquinho mas fazia muito mais que acordes.

Assim com a viola do Inem, uma guitarra portuguesa emprestada pelo Cerqueira as unhas do Bravo, do Inem, do Ranger e as vozes da Diana e do Pedro, conscientes de que o trabalho seria árdou e desgastante, foi o ponto de partida para formar o grupo e seguir em frente contra ventos e marés.

Começaram então os ensaios com o Cerqueira, Grupo de fados de Coimbra e Grupo de Fados do ISEP, sendo uma ajuda tremenda, no aprefeiçoar da técnica e no facultar de algumas musicas aconselhadas ao nosso nível.

O resultado foi a primeira Magnânima Serenata Monumental com “prata da casa” pouco mais de um mês de ensaios o grupo de fados do IPCA interpretou os Verdes anos de Carlos Paredes, as Ondas do mar e a Balada de despedida do V ano jurídico de 1989.

* O Gallus Gallus é real, estamos aqui para os corações da academia!


Magister: David Salgado

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook: https://www.facebook.com/GFIPCA